Lâmpada para os meus pés e Luz para o meu caminho

Lâmpada para os meus pés e Luz para o meu caminho

Salmos 119.105 – “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho”

Introdução

O Salmo 119 é organizado em 22 blocos. Cada bloco recebe um título: Alef, Bete, Guímel até Tau. Estas são a letras do alfabeto hebraico, o Alef-Bet.

Assim, como na maioria das nações orientais, o alfabeto hebraico tem um significado diferente para cada letra.

O Versículo 105 é a letra NUM [14ª letra], e na transliteração equivale ao nosso “N”. Porém há um significado especial para ela, na verdade dois:

Reino;

Servo com uma coroa ou Herdeiro Real;

Seu próprio formato quer dizer servo: é a figura de alguém de joelhos, na posição de servo, com uma coroa sobre a cabeça.

Nada na Palavra de Deus foi colocado irresponsavelmente. Nada foi escrito de forma aleatória.

Nem sequer um diálogo isolado está lá sem motivo. A Palavra de Deus se renova e para cada dia há uma nova revelação para nossas vidas.

Deus estava querendo nos ensinar dois princípios do seu Reino através do Salmo 119.105, o princípio do Reino e o princípio de serviço, como herdeiros reais que somos.

Para tanto ele se utiliza de duas figuras, a Lâmpada e a Luz que vão nos ensinar muito sobre estes princípios.

Comentários

a)      V. 105a – “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra…”

LÂMPADA, ou lanterna, conforme a tradução nos fala de Justiça, de vingança.

Sofonias 1.12 – “E há de ser que, naquele tempo, esquadrinharei a Jerusalém com lanternas, e castigarei os homens que se embrutecem com as fezes do vinho, que dizem no seu coração: O Senhor não faz o bem nem faz o mal.”

No verso acima Deus promete esquadrinhar, averiguar, pesquisar, espionar, a Jerusalém a fim de encontrar os homens que desconhecem a justiça de Deus.

São aqueles que pensam que Deus é nulo, não faz bem, nem mal…

Ali diz que Deus vai esquadrinhar com Lanternas, isto é, para fazer justiça, para ser Juíz.

Os pés, para os hebreus e algumas culturas orientais, eram a medida, o sinal, de o quanto um homem era honrado ou digno e tinha seu testemunho aprovado.

Os pés revelavam a Alma e o Caráter de alguém.

Quando Jesus lavou os pés dos discípulos (João 13.5) ele queria ensiná-los que o maior é o que serve, mas também os estava ensinando que para servir no Reino era necessário ter um caráter aprovado e uma alma limpa a fim de dar bom testemunho.

2 Timóteo 2.15 – “Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”

1 Timóteo 5:10 – “aprovada com testemunho de boas obras, se criou filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os atribulados, se praticou toda sorte de boas obras.”

A palavra de Deus é lâmpada para os nossos pés porque traz julgamento sobre o caráter de quem a utiliza, daqueles que fazem o Reino.

DEUS É LÂMPADA, Juiz

Salmo 84.11 – “Porquanto o Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não negará bem algum aos que andam na retidão.”

Somente Deus pode julgar ao homem, Ele é Juiz.

Salmo 50.6 – “Os céus proclamam a justiça dele, pois Deus mesmo é Juiz.”

Salmo 75.7 – “Mas Deus é o que julga; a um abate, e a outro exalta.”

No livro de Genesis Deus disse: Haja luz… Sabemos que a partir daquele instante Ele estabeleceu o Sol no universo como um astro luminoso, uma lâmpada que fosse o sinal de sua Justiça sobre a terra.

O sol é a lâmpada do universo.

A Bíblia descreve também a respeito do SOL DA JUSTIÇA – Ml 4.2.

Leitura: Ap. 22.1-5 e Ap. 21.23 e 24

Da mesma forma como o Sol da Justiça, Ele mesmo nos iluminará tanto aqui como na nova Jerusalém.

Deus vai substituir todas as lâmpadas e se colocar como nosso Juiz.

“eu preciso de lâmpada sobre os meus pés”

b)      V. 105b – “…e luz para o meu caminho”

LUZ vem do latim PHOS, e deu origem à palavra Fósforo, ou, portador de luz e de calor.

Luz nos fala de CONHECIMENTO, Revelação de Deus, o Profético.

Leitura

Mateus 5.14-16

“Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte;

nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa.

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.”

 

Somos portadores de luz, somos PHOSPHOROS para o mundo.

O oposto da luz são as trevas.

Treva, escuridão é o lugar onde não há revelação, não tem profecia. É onde não se houve a voz de Deus.

É o mesmo significado da palavra DESERTO.

Pessoas em meio às trevas não conseguem ouvir a voz de Deus. Quem tem ouvidos ouça.

É necessário estar atento à voz do Pai, despertar para manifestarmos as características do Filhos da Luz:

Efésios 5.8-14

“pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz

(pois o fruto da luz está em toda a bondade, e justiça e verdade),

provando o que é agradável ao Senhor;

e não vos associeis às obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as;

porque as coisas feitas por eles em oculto, até o dizê-las é vergonhoso.

Mas todas estas coisas, sendo condenadas, se manifestam pela luz, pois tudo o que se manifesta é luz.

Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará.”

DEUS É LUZ – 1 Jo 1.5-7

João 8.12 – “Então Jesus tornou a falar-lhes, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue de modo algum andará em trevas, mas terá a luz da vida.”

Imagine uma estrada sem sinalização, sem faixas. Você não sabe para onde vai.

Qualquer sinal de direção vai te fazer seguir.

De repente há uma bifurcação onde você pode escolher continuar no caminho sem sinal ou o caminho com sinalização.

Isso é andar na luz. É diferente de ter uma lâmpada sobre os pés. É um caminho luminoso.

O caminho do Reino é um caminho de luz.

É como se uma lanterna, desta vez, estivesse focada no chão, indicando um caminho.

Teremos comunhão uns com os outros neste caminho porque somos servos uns dos outros, porque é um único caminho luminoso e andamos junto com nossos irmãos.

Conclusão

Trilhamos, por vezes, nossos próprios caminhos usando nossa própria Lâmpada [justiça própria] e nossa própria Luz [verdades humanas].

Hoje o Senhor nos convida à usar sua Palavra, seus princípios.

Precisamos andar na luz como Ele na luz está.

Graça e Paz Eklésia de Cristo,

 

Guilherme Tavares, pr

About these ads

Sobre ministerioeklesia

Somos um ministério em células no modelo dos 12 que tem sido agraciado em hospedar sonhos e projetos de Deus para essa geração... Como Noiva de um Deus zeloso, vivemos numa comunidade santa e muito criativa, onde o Espírito Santo tem nos ensinado a nos mover... em atividade sempre. Realizando nossa tarefa, com uma visão missionária que ressoa dentro de nós: A DOR DO MUNDO INTEIRO NO CORAÇÃO DE POUCOS - EKLÉSIA (CHAMADOS PARA FORA) Esse é o nosso chamado... faça parte dessa visão... Prs. Guilherme e Gláucia Rosane Tavares NOSSOS CULTOS: Terça: Tributo ao Espírito Santo-19:30h Sextas: Redes (mulheres/homens/família/ missões) -19:30h Sábado: Rede de Jovens - 19:30h Domingo: 9:00h - Culto de Comunhão com Ceia; e 18:30h nosso grande culto de Celebração. NOS VISITE: Av. Joaquim Mochel, 51, Cohatrac IV, São Luís-MA, Brasil. +55 [98] 3239-4923 Ver todos os artigos de ministerioeklesia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: